sexta-feira, 24 de junho de 2016

Palavras de fé.

"E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará. Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria. Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra." 2 Coríntios 9:6-8

Pensamento: O conceito biblico de plantio e colheita se refere ao principio da multiplicação sobrenatural e divina do Reino de Deus. Quanto mais semearmos, mais vamos colher e se for bom o que semearmos colheremos coisas boas. Interessante desta passagem que Deus "pode" fazer abundar toda graça. Ele pode, mas não significa que é obrigado. Por isso devemos plantar nossas sementes na esperança da colheita, mas não devemos tornar isso a principal motivação do nosso coração e esperar que Deus obrigatoriamente nos envie a colheita, além do que vale mais nosso galardão no céu do que a colheita aqui na terra.

Oração: Senhor Pai misericordioso, reconheço Sua grandiosidade e soberania e Sua capacidade de fazer abundar toda graça. Também reconheço Sua generosidade e vontade de satisfazer nossos desejos. Então quando eu plantar minhas sementes, sejam elas de amor, esperança, consolo, fé e piedade, ou sejam elas financeiras e materiais, que eu faça com alegria e não motivado somente pela colheita. Eu se eu ainda não pratico na minha vida o "semear" do Reino de Deus, me capacita para que eu experimente a graça maravilhosa da multiplicação. Amém




Devocional diário.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Produtos e serviços não solicitados não podem ser cobrados



A solicitação prévia por parte do consumidor é condição essencial para o envio de qualquer produto ou o fornecimento de qualquer serviço pelos fornecedores. Muitos deles, porém, desrespeitam essa regra, na tentativa de privar os consumidores do seu direito de livre escolha e da possibilidade de avaliar a oportunidade e a necessidade da aquisição desse ou daquele produto ou serviço.
 
E lá chegam na residência dos consumidores, e para a sua surpresa, cartões de Crédito, CDROM promocionais de acesso à internet, exemplares de jornais e revistas acompanhados das respectivas faturas para assinatura, além de contas incluindo serviços não solicitados.
 
Embora alguns fornecedores comumente se utilizem dessa impositiva estratégia de venda, tal prática comercial é considerada como abusiva pelo Código de Defesa do Consumidor, sendo, portanto, por ele proibida (art. 39, III).
 
E isso porque essas agressivas técnicas mercadológicas atingem duplamente o mercado de consumo.
 
No que respeita aos consumidores, tais práticas de vendas, sem a manifestação prévia dos mesmos, aproveitam-se da vulnerabilidade dos consumidores. Objetivam, por conseguinte, manipular a sua vontade, prejudicando-os no seu livre consentimento. Assim, sem saber como devolver ou não o produto, aceitar ou não o serviço, na maioria das vezes, resignam-se e acabam por contratar aquele fornecimento que lhes foi imposto.
 
No que tange aos fornecedores, esse procedimento é igualmente condenável, porque transgride as regras da boa fé e da ética do mercado, na medida em que se utiliza de métodos de concorrência desleal, em prejuízo dos fornecedores que pautam a sua conduta no respeito aos direitos dos seus concorrentes e dos consumidores.
 
Em hipóteses como essas é bom que o consumidor saiba que o produto ou o serviço deve ser recebido como mera amostra grátis, inexistindo qualquer obrigação de pagamento. Nem mesmo as despesas decorrentes de remessa serão ressarcíveis ao fornecedor. O consumidor não precisará devolver o produto, ainda que a empresa determine um prazo ou para a devolução do produto ou o pagamento da fatura.A equiparação dos produtos enviados e dos serviços prestados sem solicitação do consumidor a amostra grátis é assegurada pelo Código de Defesa do Consumidor (parágrafo único do art. 39).
 
Por fim, o consumidor nunca pode esquecer de que a proteção contra práticas comerciais abusivas constitui um direito assegurado pelas disposições do art. 6, IV, do Código de Defesa do Consumidor.Assim sendo, ele não deve deixar de comunicar essas ocorrências aos órgãos de proteção e defesa dos consumidores. Além disso, é prudente manifestar à empresa o seu desejo de não adquirir o produto ou o serviço. Isso deverá ser feito preferencialmente por escrito, por carta ou e-mail, guardando as respectivas cópias. Caso o consumidor venha a sofrer o desconto de alguma quantia, deverá ser reembolsado em dobro, por se tratar de cobrança indevida. Se o consumidor tiver seu nome incluído no SPC ou na SERASA, poderá ingressar judicialmente pleiteando a competente indenização.





sábado, 11 de junho de 2016

Eu no PTB.



Depois de ter desfiliado-me do partido pelo qual eu disputei às últimas eleições (2014), eu continuei a atender a muitos convites para filiar-me a um ou outro partido político, a fim de dar continuidade à minha carreira iniciada em 2008, só pra relembrar: em 2008 tive 1.135 votos, em 2010, foram 3.475 votos, em 2012 foram 3.951 votos e em 2014 obtive 4.652 votos de confiança de pessoas espalhadas em todo o Estado do Rio de Janeiro.
Eu participei de algumas reuniões públicas e outras particulares, porém foi durante a última destas, que eu realmente comecei a imaginar-me em outro partido; usando uma nova sigla, conhecendo novos amigos e consequentemente adquirindo um novo número para que no tempo determinado pelo TRE e é claro, pelo meu Deus, eu possa concorrer às futuras eleições municipais.
Ao longo deste tempo, surgiram muitos boatos de que eu me aliaria a um, apoiaria a outro e até mesmo disseram que eu encerraria a carreira política, mas o mesmo que revelou-me a iniciar esta trajetória, é o mesmo que faz-me prosseguir até fim (eu estou falando do meu Deus, o que criou o céu, a Terra e tudo o que nela há), realmente não é fácil levar anos em busca de um sonho, mas nada melhor do que conquistarmos o que objetivamos com a honestidade e os com os nossos próprios esforços, aliado a uma gama de amigos, e simpatizantes que estão sempre comigo.
Nestas palavras eu deixo registrado o meu agradecimento a todos os que estiveram comigo até aqui e também aos que contactaram-me neste meio tempo para falar deste assunto tão importante para a sociedade, porém como na vida tudo é feito de escolhas, eu escolhi em tempo hábil a minha filiação ao PTB 14 - Partido Trabalhista Brasileiro.

Postagens populares