quinta-feira, 14 de julho de 2016

É isso!

Sim, além de ser uma profissional da área da saúde, a minha mais recente profissão é a corretagem de imóveis, mas prestem BASTANTE ATENÇÃO (toda pessoa calminha tem o seu momento de fúria; eu prefiro não ser provocada).

NÃO, a minha vontade de competir andando pelas ruas debaixo de sol e chuva com o meu megafone não está em oferta de aluguel e nem muito menos à venda. Eu não estou lutando a tanto tempo pra me vender por "30 moedas de prata". Graças a Deus eu sou criativa e se preciso for serei capaz de renascer das cinzas. Dizem que na vida, tudo se copia, mas eu prefiro fazer a diferença.

Se eu morrer hoje, com certeza deixarei um legado, eu já passei por tantas coisas que daria até pra escrever um livro.
Eu não sou muito de reclamar, eu sou mais de ouvir e aconselhar, mas hoje eu resolvi vir aqui publicamente desabafar.

Eu não me candidatei nas eleições de 2008, 2010, 2012 e 2014 pra testar a minha popularidade, se fosse, eu já poderia me sentir satisfeita, pois por onde eu passo e me apresento, eu descubro que alguém já ouviu falar de mim.

Enganam-se os que me veem como uma oportunidade de crescimento e que colam ao meu ladinho só pra ficar na minha aba.
O bom de toda essa história é que o próprio Deus me mostra, que a cada proposta que eu recebo pra desistir, muito mais eu devo prosseguir.

Alôô!!! Não aceite palavras de derrota.


Quase sempre que comemoramos uma vitória e estamos cercados de amigos que também estão festejando conosco, se pararmos para perceber o que acontece ao redor, podemos observar “os filhos de Belial”, estes são aqueles que não acreditam no nosso potencial, que desdenham tudo o que fazemos e ainda tentam contaminar alguns outros.


A bíblia fala da história do Rei Saul, logo que o mesmo foi consagrado a rei e começou a saltar de alegria com muitos, se manifestou o grupinho dos filhos de Belial, estes o desprezaram e não lhe deram presentes e sugestionaram ao povo seguinte pergunta;

- É este o que nos há de livrar? - 1 Samuel 10:27

Não é isso que acontece até os dias de hoje?

A história conta que Saul fez-se de surdo, não deu ouvidos àqueles que não compactuavam da mesma alegria da sua coroação, com esta atitude ele seguiu em frente a venceu a sua primeira grande batalha, livrando o povo da servidão dos amonitas.

Eu confesso que desde o dia em que eu li esta passagem bíblica, reparei que até hoje é bem assim, tem sempre alguém tentando nos menosprezar e pior do que isso, tentando contaminar aos demais. Por isso amigo leitor, seja o primeiro a acreditar em si mesmo, pois Deus é quem capacita os chamados, os filhos de Belial, como a bíblia cita-os, são os oponentes que tem a função de difundir a dúvida, a contenda e a insegurança entre o povo.


Veja o que diz este capítulo: Romanos 1:30


"São difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, soberbos, altivos, inventores de maldades..."

Sabendo disto, a revelação dada pelo próprio Deus, enquanto estivermos neste mundo, estas coisas serão inevitáveis, porém quando já estamos revestidos da couraça da justiça (que é a palavra) e de unção de Deus, nada vai contaminar a nossa fé e estragar a nossa alegria.

Faça-se de surdo,
não dê ouvidos a palavras de derrota.
Letícia Pires
www.programaalobrasil.com.br

Postagens populares